Hoje foi dia de preparar os químicos.

Como fazia muito tempo que não fazia, fui buscar ajuda nos livros e informações disponíveis na internet.

Minhas maiores fontes de informação foram o livro “Photographers workbook“ de John Hedgecoe que peguei na faculdade que trabalho (não sei se é difícil de encontrar, mas vários livros antigos de fotografia costumam trazer informações sobre revelação e ampliação), o canal do youtube Câmera Velha do Antonio Neto e também a bula dos químicos, claro. Esse é um dos maravilhosos vídeos do cara:

 

Para a primeira leva de material, compramos químicos feitos por um fotógrafo aqui de São Paulo que fornece para a Pretti fotografia, tradicional loja lá da região da 7 de Abril aqui em São Paulo. Apesar de ser separado e misturado em pequena escala, a bula dizia ser a mesma composição dos químicos da Kodak (D76, Dektol e fixador).

 

A princípio o preparo dos reveladores é mais sensível devido a temperatura que deve estar a 50 graus para ativar seu conservante e facilitar a dissolução dos químicos em pó.

 

 

O interruptor é basicamente vinagre de álcool diluído e o fixador é uma mistura parecida com a do revelador, mas misturei em temperatura ambiente mesmo.

Tudo certo.

Aí é só seguir os tempos e agitação de cada químico. No caso, fizemos um tempo de 9:45 minutos com o revelador diluído a 1:1 a 20 graus. 1 minuto de interruptor e depois 12 minutos fixando.

Para a revelação, nos baseamos nas informações das fontes já citadas, além de uma pitada de intuição e coragem, e pá !

Deu certo.

O resultado e a prova de contatos você confere na semana que vem !

Abraços e até o próximo post !